As Cores dos Vinhos

0
867

As cores dos vinhos

Vivemos em um mundo colorido. Vamos dar uma olhada mais profunda nessas cores? O vinho tem uma grande variedade de cores, mas o que elas significam? Vinho tinto, vinho branco, vinho laranja … vinho verde, azul?

As Cores do Vinhos

VERMELHO

De Pinot Noir ao Tempranillo, existem centenas de castas escuras que, quando fermentadas em suas peles, produzem vinhos em vários tons de vermelho.

A tonalidade do vinho resultante depende não apenas do tipo de uva, mas também do método de produção de vinho, como imersão a frio e / ou maceração prolongada.

A idade de um vinho também pode influenciar profundamente a cor.

O processo de envelhecimento oxida as moléculas que contêm pigmentos e confere aos vinhos tintos um tom mais granado ou acastanhado.

E, é claro, não podemos esquecer a outra extremidade deliciosa e mais leve do espectro vermelho, a rosé. Sendo feitos com várias uvas de casca vermelha, os vinhos rosés podem diferir nas intensidades de rosa e salmão. Eles obtêm suas diversas tonalidades e variedade de sabores, tanto da uva de que são feitos quanto da maneira como são produzidos.

As Cores do Vinhos

VIOLETA

Embora não exista vinho violeta, muitas uvas de casca escura produzem vinhos com uma cor púrpura significativa, em uma ampla variedade de tons. Nestes estão inclusos Valpolicella, Malbec, Syrah, Pinotage, Cabernet Sauvignon, dentre outros.

Frequentemente, os tons violeta ou magenta estão associados a um pH mais alto, o que faz com que o pigmento mude de um vermelho com base vermelha para um vermelho com base mais azulada.

As Cores do Vinhos

AMARELO

A vinificação de uvas brancas ou de casca clara resultam em uma grande variedade potencial de tons de amarelo, de palha clara a tons âmbar e marrom.

Novamente, como no vinho tinto e rosé, a cor e a profundidade de cor resultantes são um produto da uva usada, sua maturação na colheita, o método específico de produção de vinho e qualquer envelhecimento ou maturação pós-fermentação (barril ou garrafa).

Uma cor no espectro amarelo / dourado também pode resultar da produção de vinho com uvas vermelhas, como é prática comum na fabricação de champanhe ou outros vinhos espumantes.

Aqui, o mosto da uva é rapidamente separado das peles de cor escura, impedindo que qualquer composto de antocianina contendo pigmento venha a colorir o suco. A gama de cores dentro do espectro de vinho branco / amarelo é muito grande.

As Cores do Vinhos

LARANJA

O vinho laranja é feito em estilo ancestral de produção. Também é conhecido como Orange Wine e tem esse nome por causa de sua bela tonalidade, que vai do dourado ou alaranjado.

A cor do vinho laranja é resultado de um processo de produção semelhante ao dos vinhos tintos, mas feito com uvas brancas. O sumo prensado das uvas permanece em contato com as cascas durante o processo de maceração e de lá tira a cor, os aromas, os sabores e o tanino.

Aliás, uma das características mais diferenciadas dos vinhos laranjas é a presença do tanino, que não é comum em vinhos feitos com uvas brancas.

Várias uvas podem ser usadas na produção do vinho laranja, mas as que mais se destacam são a Ribolla Gialla, a Friulano e a Trebbiano.

A Itália é o maior país produtor de vinho laranja, mas atualmente a Eslovênia, os Estados Unidos, a Croácia, a Nova Zelândia e até o Brasil têm mostrado potencial para esse vinho.

As Cores do Vinhos

VERDE

Alguns brancos podem ter pigmentação esverdeada, como as castas Grüner Veltliner, Sauvignon Blac e Verdejo, mas a cor verde não é encontrada em nenhum rótulo. A denominação se refere, na verdade, à região onde as uvas são colhidas, no noroeste de Portugal.

Os “Verdes Portugueses” são feitos principalmente a partir das uvas alvarinho e podem ser brancos, rosé ou tintos.

As Cores do Vinhos

AZUIS

É de conhecimento de poucos que existe uma variedade de vinhos bastante curiosa: o Vinho Azul. Esse tipo de vinho se tornou muito popular entre os jovens e iniciantes.

Os belos tons de azul são obtidos por meio da mistura entre uvas tintas e brancas, sem adição alguma de corante! Pelo menos é o que os produtores dizem.

Segundo eles, pigmentos naturais dão origem à tal coloração. O índigo e a antocianina são obtidos a partir da pele das uvas durante a sua elaboração.

Para os curiosos, o Vinho Azul se assemelha a um Colheita Tardia.

Geralmente possuem aroma de frutas maduras e é um vinho bem doce, com certa acidez para equilibrar.

Outro exemplo de vinho azul é p Blanc de Bleu Cuvée Mousseux Brut, um espumante
com toque de mirtilo.

As Cores do Vinhos

Conheça nossas Midias Sociais:

Instagram
Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here