Chardonnay – A rainha das uvas brancas

0
567

Uva Chardonnay

Uva: Chardonnay
País de Origem: França.
Região: Borgonha e Champagne.

uva chardonnayConhecida como a rainha das uvas brancas e cultivada em quase todos os países viticultores. É largamente utilizada para a elaboração de vinhos brancos secos e de vinho espumante. Pouco aromática, podem apresentar nos vinhos as mais diversas características organolépticas.

Se espalhou por diversas regiões devido a sua capacidade de adaptação. Esta casta consegue ser cultivada em diferentes solos e climas e, por isso, está presente em regiões desde a Europa até a América Central.

Principais Regiões da Chardonnay

Mais fina de todas as viníferas, gera grandes vinhos, principalmente na região de Champagne, Bourgogne e Chablis. Outras regiões espalhadas pelo mundo também produzem bons vinhos com esta uva.

Velho Mundo

  • França – Chablis, Borgonha: por ter um clima mais frio, e o solo já ter sido leito de oceano, o vinho desta região apresenta características minerais e mais frescor.
  • França – Côte d’Or, Borgonha, Os vinhos da Borgonha estão entre os melhores do mundo sendo mais robustos e maduros;
  • Itália: Na Itália, está presente em várias regiões como Piemonte, Toscana, Sicilia, Abruzzo e Alto Adige. Vizinha da França, a adaptabilidade ao clima italiano foi fácil.
  • Espanha: Assim como a Itália, a Espanha tem se destacado no cultivo desta uva e produzido bons vinhos com ela. As melhores regiões para encontrá-la são: Rioja, Somontano, Navarra e Penedès com suas cavas;

Novo Mundo

  • Califórnia, Estados Unidos: Região que iniciou o plantio nos anos 1970 e 1980, com a grande tendência de vinhos brancos no País. Produz milhões de garrafas por ano e seus vinhos são extremamente aromáticos, alcoólicos, amadeirados e com baixa acidez. A Chardonnay é cultivada em Sonoma e Napa Valley;
  • Austrália: O Chardonnay australiano tem uma expressão mais excêntrica, com aspecto frutado, maduro e mais untuoso, normalmente sendo amadeirados. Hoje é a segunda casta mais cultivada na Austrália;
  • Nova Zelândia – País com vocação para os vinhos brancos. Na Nova Zelândia a Chardonnay pode alcançar ótimos patamares para o Novo Mundo. Seus vinhos são potentes, intensos e muito bem equilibrados.
  • Argentina – Mendonza: Apesar do predomínio das uvas tintas, existem alguns excelentes vinhos feitos com Chardonnay ganhando notas minerais e de frutas tropicais;
  • Chile – Casablanca, área central do Chile: O início do plantio desta casta começou por volta de 1990 encontrando um terreno fértil para se desenvolver, influenciado pelo clima frio do Oceano Pacífico, que marca sua acidez e confere notas cítricas; É a casta branca mais cultivada no país.
  • Brasil: Esta uva é produzida no Brasil, na região de Vale dos Vinhedos, região da Serra Gaúcha. Nesta área, a uva amadurece rapidamente e é colhida antes do período de chuvas. Entre as brancas, é uma das que melhor e mais rápido se adaptaram ao Brasil, produzindo excelentes epumantes.

Clima

Muito adaptável a diferentes tipos de climas, originando vinhos mais frescos e com acidez de média a alta em climas continentais (mais frios) e vinhos mais potentes e untuosos com boa adaptação ao uso de madeira e FML em climas marítimos (mais quentes), com resultados médios em climas mediterrâneos por ser uma uva de maturação precoce.

Solo

Seu melhor resultado está nos solos de calcário ricos em fósseis marinhos da região de Chablis – Borgonha, apresentando ótimos resultados em diversos tipos de solos diferentes.

Vinho

Vinho com características muito distintas, de aroma frutado.

Se pouco madura, os vinhos costumam apresentar notas de limão e maçã verde com toques minerais. Se mais maduras, elas deixam os vinhos com notas de abacaxi e figo.

Notas de tostado e amanteigados, sabores cítricos de frutas tropicais e, às vezes, toques de caramelo quando vinificada com fermentação malolática e amadurecida em carvalho.

Vinho pleno, vigoroso, com aroma e paladar característicos, seco e ao mesmo tempo delicado e sutil com acidez mediana e com boa potencia de álcool.

Sua cor vai do palha claro quando vinificada em ambiente neutro até o dourado intenso quando amadurecida em carvalho.

vinho chardonnay

Harmonização

Harmoniza bem com carnes brancas grelhadas ou assadas como frango, codorna ou peru. Não passando por madeira, combina bem com os peixes e frutos do mar mais leves.

Se o vinho for amadurecido em madeira, prefira os peixes defumados, cozinha asiática mais temperada, magret de pato, saladas com queijos potentes, pratos com molhos a base de leite de coco ou molho bechamel com noz-moscada.

magret de pato - chardonnay
Foto: Antonio De Lucca

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here