Harmonização de vinhos com comida japonesa

0
1204

A culinária oriental, com toda sua complexidade, gera um certo receio no momento de escolher a bebida de acompanhamento, quanto mais na escolha de um vinho para harmonizar. Sendo assim, muitas pessoas acabam optando pelo tradicional saquê ou pela cerveja oriental. Muitos não arriscam passar dos pedidos de sucos ou refrigerantes.

Vamos nesta matéria, mostrar que é perfeitamente possível harmonizar a comida japonesa com certos tipos de vinhos, o que pode render experiências surpreendentes.

Harmonização de vinhos com comida japonesa
Harmonização de vinhos com comida japonesa

A culinária oriental, rica em pratos com frutos do mar, molhos e temperos acaba se tornando um desafio à harmonização. Os temperos fortes e condimentados como o shoyu, wasabi e gengibre são ingredientes clássicos na culinária oriental e exigem cautela na escolha de um vinho.

Mesmo com todos esses elementos peculiares, devemos sempre lembrar em não fugir a regra de que a bebida nunca deve sobrepor ao sabor do prato e sim fazer com que suas notas gustativas sejam ressaltadas.

De modo geral, os vinhos rosé, branco e os espumantes são os que mais harmonizam com o paladar da gastronomia nipônica

PRATOS QUENTES

Frituras como Hot Holls e Tempurás

Harmonização de vinhos com comida japonesa
Hot roll

Os restaurantes japoneses possuem inúmeras opções de pratos fritos. Entre os mais populares estão os hot rolls, rolinhos primavera, tempurás. Pratos a base de vegetais e frutos do mar, como o tempuá, ou os hot rolls, vinhos brancos e espumantes leves são os que terão melhor performance.

Harmonização de vinhos com comida japonesa
Tonkatsu Karê – Isakaya Taka-Darú

Já para pratos a base de carnes, como o Tonkatsu ou o Gyudon, devemos optar por vinhos que tenham boa acidez e sejam estruturados, como um chardonnay, ou espumantes e vinhos rosés.

 

 

Grelhados como Tepanyakis

Harmonização de vinhos brancos com comida japonesa
Guioza

Os elaborados com peixes, frango ou carne de porco, como outro nosso grande conhecido, o Gyoza, junto com os Kushiyaki, os Teriyaki podem ser bem acompanhados por brancos ou espumantes levemente encorpados.

 

Harmonização de vinhos com comida japonesa
Tepanyaki – Daiki Sushi

No caso daqueles que são mistos, misturando variedade de carnes, peixes e legumes, como os Tepanyaki, são melhor acompanhados por vinhos rosés ou brancos mais encorpados.

 

Cozidos como Sukiyaki

Harmonização de vinhos com comida japonesa
Sukiyaki – Isakaya Taka Darú

Um dos mais conhecidos leva carne de boi, o Sukiyaki, onde a acidez do vinho é bem vinda, junto com um bom corpo para fazer frente às diversas texturas e à carne. Um tinto leve ou um rosé estruturado são uma boa escolha.

 

Harmonização de vinhos com comida japonesa
Sukiyaki – Daiki Sushi

Já para aqueles constituídos por misturas de peixes, frutos do mar, legumes, cogumelos e tofu, ou ainda com frango, como o Yosenabe, combinam com vinhos e espumantes brancos leves ou de médio corpo com bom frescor.

 

PRATOS FRIOS

Sashimi

Harmonização de vinhos com comida japonesa
Sashimis de peixe branco

Os de peixes brancos ou frutos do mar, mais leves, porém às vezes com maior teor de gordura, são excelentes com vinhos e espumantes brancos de alta acidez e frutados.

 

 

Harmonização de vinhos com comida japonesa
Sashimis de Atum

Com peixes de carne mais escura, geralmente mais densas, um vinho ou espumante rosé, por sua estrutura e frescor pode revelar-se surpreendente, mas um branco estruturado com acidez viva pode fazer um ótimo papel.

Sushi e Niguiris

Harmonização de vinhos com comida japonesa
Niguiris de Bluefin

Arroz temperado, enrolado em peixe cru ou frutos do mar frescos, vegetais, frutas, ovos e algas. Devido a sua grande variedade de composição, pede pela versatilidade de um espumante brut ou um vinho branco leve, de bom frescor e frutado.

 

MOLHOS E ACOMPANHAMENTOS

É importante ter em mente que pratos elaborados com alguns ingredientes da culinária oriental podem atrapalhar sua harmonização de vinhos com comida japonesa.

Molho Shoyu

Feito por grão de soja e salgado por salmoura, esse molho apresenta muito sal na sua composição. Por ter um sabor marcante e intenso, pode amargar e sobrepor totalmente o sabor do vinho. Por isso os pratos elaborados com ele pedem um vinho com acidez mais elevada para quebrar o alto teor de sal presente no molho.

Molho Teriyaki

Esse molho é a redução do shoyu, porém sua textura e doçura também cobrem o sabor de alguns vinhos; Como sabemos, a regra geral é que o prato sempre deve ser menos doce que o vinho. Minha escolha pessoal para pratos com este molho é o vinho rosé. Ele traz aos pratos notas florais muito interessantes e um toque de especiarias

Raiz forte (Wasabi)

Servida em pequenas quantidades e em forma de pasta, essa raiz forte afeta as papilas gustativas e interfere na percepção dos sabores; portanto equilibrar com um vinho com baixa graduação de álcool é uma boa dica. Nessa situação, escolha um vinho branco leve, adocicado e com baixo teor de álcool para acompanhar pratos com muito shoyo e o wasabi.

Gengibre

Certamente o gengibre, é o ingrediente que mais dificulta a harmonização com os vinhos. Como tem aroma e sabor muito forte, junto da acidez, diminui o sabor da bebida. Em pratos com forte presença de gengibre, fuja dos tintos. Experimente um espumante brut, ou vinhos com as variedades brancas Gewürztraminer e Sauvignon Blanc que proporcionam um equilíbrio bom de aroma e sabor.

A harmonização de vinhos e comida japonesa não é simples, porém pode vir a ser deliciosa. Apostando nos vinhos brancos, roses e nos espumantes, certamente o prazer só irá crescer, afinal, o melhor da harmonização são as surpresas que ela nos oferece.

Siga-nos:
Facebook
Instagram

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here